4 mentiras que te contaram sobre ter uma pequena empresa (e 1 verdade)

1024 492 Melina e Raphael
  • 1

Porque você não transforma isso em negócio?” É super comum pessoas que fazem algo muito bem receberem essa pergunta. Porém, para algumas pessoas, só de pensar em burocracias e planos de negócios, já bate um desânimo danado. Indo um pouco além, a gente também fica com a impressão que precisamos de muito dinheiro pra começar e de que empresas pequenas vão a falência rapidamente. Tem quem diga até que um hobby ou algo que começou de um jeito meio descompromissado nunca vai virar um negócio sério. Será?

“Afinal de contas, de quem é a culpa pelo seu negócio não engrenar ou ao menos sair do papel?”

Será que largar o seu emprego e apostar em algo seu é uma loucura? Deixamos nossos empregos como designers e viver de desenhar pessoas se tornou nosso projeto de vida. Vamos então ir mais fundo e analisar algumas frases muito comuns de se ouvir por aí? São afirmações que parecem categóricas e que a gente ouve demais. Bora detalhar isso aí pra desfazer alguns mitos que estão na ponta da língua!

 

1 – “O mercado é concorrido, os clientes estão escassos e os pequenos não sobrevivem por muito tempo”

Pânico, medo, suor frio descendo pela testa. É bem comum ter esses sintomas quando você ouvir de alguém a resposta para a frase “quero ter minha pequena empresa”. Isso tudo porque a perspectiva não vai ser nada animadora: você vai falir em 2 anos, em 1 ano, em 6 meses! Ou insira aqui a sua estatística assustadora favorita. Foi isso que ouvimos, em 2008, quando decidimos largar nossos empregos e ter uma pequena empresa que é a nossa cara.

O mercado é concorrido? Claro que sim! Acontece que você precisa saber encontrar seu nicho, sua galera, quem está precisando de verdade do que você faz de melhor. Os clientes estão escassos? Não me diga que você pensou que pessoas saem por aí gastando seu dinheiro sem pensar duas vezes, né? Um negócio que só olha pro próprio umbigo e só pensa e fala de si não atrai o interesse das pessoas, você precisa saber pra quem está vendendo, qual perfil do seu cliente ideal. Pequenos não sobrevivem por muito tempo? Acontece, uma empresa é muito mais que seus produtos e serviços, tem um enorme trabalho de gestão que deve ser feito. Mas, quem falou que empresas que são pequenas em tamanho não podem ser grandes em faturamento ou vice versa, tamanho não é documento. Ir mais fundo nessas frases clichês é o primeiro passo de muito trabalho pela frente!


2 – “Preciso de dinheiro, muito capital pra começar, senão minha ideia não sai do papel”

Essa mentira é uma verdade antiga. Lá atrás, de fato abrir uma empresa requeria uma quantidade grande de dinheiro. Então, empreender era pra poucos ou pra quem já vinha herdando negócios de família. Mas, o mundo mudou! Hoje em dia, temos acesso a muitos apps, programas, aplicativos e conhecimento online, sem sair de casa. Há quem fique até meio tonto com tanta informação mas o fato é: nunca foi tão possível começar uma empresa com uma ideia na cabeça e um computador na mão. A hora é essa, está tudo à disposição. Então, esqueça essa ideia de ficar anos e anos juntando dinheiro para viver do seu sonho e faça seu sonho acontecer e gerar renda para você.

+ Leia também > Instagram: Guia completo para pequenas empresas


3 – “Seu hobby ou algo que você gosta de fazer nunca poderá ser um trabalho”

Muita gente tem essa ideia de que fazer algo que gosta para obter lucro de alguma forma “estraga” a magia da coisa. Isso tem a ver com a nossa crença limitante de que dinheiro é algo sujo e errado e que receber pagamentos para fazer algo que gostamos e nos dá prazer é esquisito e feio. De fato, quando seu hobby ou algo que te dá prazer vira um negócio você vai precisar estruturar isso na sua cabeça e coração de uma forma muito mais profissional. Mas, é possível sim fazer disso algo que gera valor pro mundo e você recebe renda de volta. Que tal desfazer duas crenças limitantes numa tacada só: a que trabalho é sofrimento e a de que ser pago pra fazer algo que me dá prazer é errado.


4 – “Falta alguma coisa, ainda não estou pronto”

“Estou precisando de uma identidade visual nova, senão minha empresa não vai pra frente.” “Ah, quando eu tiver aquele equipamento top de linha, vou poder fazer minha empresa acontecer!” “Só quando meu site estiver perfeito que eu vou ter sucesso, a culpa é do meu site fora do ar.” “Ih, a crise me pegou! Vou ficar aqui quietinho e esperar ela passar pra começar minha empresa.” Você se identificou com algumas dessas frases? Essas são as mentiras que a gente mesmo conta pra si. Sempre haverá uma boa desculpa para adiar os seus planos e, de preferência, elas estão na dependência de terceiros, repara só. Um mantra pra quebrar essa mentira: “Comece mesmo antes de estar pronto“.

 

A verdade é: “Tem um monstro grandão te atrapalhando”

Não são seus concorrentes, não é a crise, não são os clientes (ou a falta deles), nada disso está empacando o crescimento, surgimento ou o sucesso da sua empresa. Esses problemas existem e são reais sim! Mas, você tem condições de criar formas, estratégias e escapadas para eles, um por vez. No maior estilo “descascar um abacaxi por dia”. Acontece que tem um monstro aí, bem alimentado, grande e assustador. O nome dele é “Sabotador Interno”.

Ele é um mecanismo que apita: “Encerrar missão, fugir, ainda não, não está pronto, não está bom, falta dinheiro, falta tempo, falta isso, falta aquilo, medo, medo, medo!”. Você já ouviu essas mensagens aí dentro? Temos uma boa e uma má notícia sobre o seu sabotador interno. A má é que ele é enorme e pesado, afinal, nós alimentamos ele por toda nossa vida e ele se instala confortavelmente dentro da gente. A boa notícia é que essa “casa” é nossa e quem manda aqui somos nós. Então dá pra criar o hábito de colocar ele pra fora (porque ele vai voltar, o bicho é insistente).

 

E agora? Como calar o monstro e Decolar meu negócio?

O medo morre de medo da ação”. A autora da frase é nossa parceira, a Rafa Cappai. Assim como a frase “Comece antes de estar pronto“. A gente assina em baixo porque, quando começamos a agir, as coisas acontecem. O sabotador interno fica constrangido e murcha, deixando espaço pra você seguir em frente. Conhecemos a Rafa em 2013, em um bate papo online que tivemos sobre empreendedorismo e depois fizemos parte do financiamento (e fomos ao lançamento, claro) do livro dela, o “Criativo e Empreendedor, Sim Senhor”.

A Rafa Cappai fez mestrado em Londres sobre o assunto empreendedorismo criativo e já atendeu centenas de empreendedores como nós e você. Em 2015, embarcamos no curso dela, o DecolaLab! como parceiros. Essa parceria significa que desfizemos a crença limitante de obter ganhos financeiros com boas parcerias e chamamos nossa galera para montar uma turma marota. Juntos, atravessamos essa jornada anti-bicho-papão do medo e pró-estrutura e conhecimento para mudar a vida dos nossos pequenos negócios. Foi incrível, o curso é de uma riqueza imensa, com muitos bônus maravilhosos. De lá pra cá já levamos mais gente na turma de 2016, 2017 e tem sido demais!

A nave abrirá as portas novamente em 2018! Esperamos você! <3

 

AUTORES

Melina e Raphael

Um casal, muitas ideias! Sócios desde 2008, somos apaixonados por ilustrar pessoas através das Carinhas, desenvolver Marcas Apaixonantes e criar mantras do bem, na Mantly. Cariocas vivendo em Portugal. Curiosos, otimistas e praticantes de dancinhas da felicidade.

Todos posts por: Melina e Raphael
4 comentários
  • Milena Mendes
    Responder

    Melina e Rafael! Primeiro, muito fã de vcs! e acho q acompanho desde do começo! e por vcs e pelo casal lindo também do Dinoleta em BH que soube da RafaCappai e do Decola Lab!
    Sou Designer Gráfico e me inspiro muito em vcs! Agradeço e admiro a conhecimento compartilhado! Estou fazendo o Desafio Criativo! Comecei essa semana, e um processo fantástico, ampliando horizontes, notando barreiras, e hei de transmutá-las! :) !
    Deixo meu agradecimento sincero!

    Por enquanto preciso tentar as 15 vagas que a Rafa dispõe, para pessoas como eu que estão sem verba, mas Vamo q Vamo! Eu Ajo! ;)! Adorei este poster! Posso compartilhar?…

    Abraço com carinho!

    • Melina e Raphael
      Responder

      Oi Milena, tudo bem? Muitooo obrigado pelo carinho e por nos acompanhar desde o início! Que demais saber que conhecer a Rafa através da nossa indicação, também somos fãs da família Dinoleta! Obaaa, ficamos muito animados em saber que o desafio está ampliando seus horizontes! Nós é que agradecemos pelo carinho! Isso aí, boa sorte na bolsa, você vai conseguir! E que bom que está na nossa Lista Vip e recebeu o poster exclusivo, aquele mantra é poderoso demais, né? Abraços do casal e obrigado pela mensagem!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado