Instagram: guia completo para pequenas empresas

1024 492 Melina e Raphael
  • 21

O Instagram é um aplicativo e rede social focado em fotos. Você usa para ver uma foto mais linda seguida da outra: simples e direto ao ponto. Por essas e outras, ele já conquistou 400 milhões de usuários ativos… e contando. Não é a toa que o Instagram foi comprado pelo Facebook pela bagatela de 1 bilhão de dólares, em 2012!

Como fazer a minha pequena empresa formar uma rede de gente legal no Instagram?

Antes de mais nada, tenha certeza que estar no Instagram é uma estratégia válida para sua empresa. Uma Marca Apaixonante cuida das suas redes de maneira estratégica. Não é obrigatório que sua empresa esteja em todas as redes sociais, ok?

O foco em fotos do Instagram é encantar e captar interesse através de imagens. Tem a ver com sua empresa? Então, vem com a gente nesse prático guia online que criamos sobre como usar o Instagram. Cheio de dicas de ouro que aprendemos tanto com especialistas como com a nossa própria experiência de estar nele, desde 2011.

 

Primeiros passos: por onde começar 

Se você está começando agora, entre no Instagram usando sua conta do Facebook. Dessa forma, vai aparecer como um aviso para todos os seus amigos que você entrou no Instagram com o nome de usuário da sua empresa. Pronto, começou com pé direito. Sim, porque a nossa rede de pessoas mais próximas: amigos, parentes, colegas de profissão, são aquelas pessoas com mais potencial de se apaixonarem pelo seu projeto empreendedor e passarem sua mensagem adiante.

Um monte de porta vozes que gostam de você e estão prontos para espalhar a novidade. Então, não esconda sua empresa por medo de críticas e nem pense em ter um perfil privado, ok? Mude esse mindset limitante agora mesmo, se quiser crescer. Sua primeira foto pode ser você com seu produto ou no seu ambiente de trabalho. Aquele local ou situação que você se encontra com os olhos brilhando e coração acelerado de empolgação! E o texto tem que vir direto do coração: contando um pouco sobre você, sobre o seu projeto empreendedor e como ele está sendo lançado para ajudar as pessoas e, claro, mudar o mundo. :)

 

Imagem de perfil, resumo e link: como preencher

Caso você já tenha uma identidade visual, use sua marca na imagem de perfil. Se você ainda não tem uma identidade definida, use uma foto sua. A dica é usar uma foto bem nítida e com boa qualidade onde você esteja fazendo contato visual (ou seja, não esteja de costas ou tampando os olhos) e sua expressão seja sorridente e amigável. Claro que você deve estar o mais à vontade que puder na foto, mas olhar nos olhos e sorrir é uma ótima primeira impressão com conexão e abertura.

Seu resumo deve indicar as áreas pelas quais você tem paixão e o que a pessoa pode esperar do seu perfil. Também é permitido colocar emojis. Use o limite de 150 caracteres e revise seu texto de perfil com frequência. O Instagram não lê links dentro das postagens. Somente as hashtags são clicáveis, no texto. Então, o link é o espaço que você tem para colocar seu site ou outra rede onde esteja presente com sua pequena empresa, como Facebook.

 

Usando as Hashtags no Instagram a seu favor

O que é hashtag?

Na hora de postar, esteja com o radar ligado nas hashtags. Elas são como palavras chave que vem coladas no símbolo da uma tralha ou jogo da velha. O objetivo das hashtags é agregar assuntos relacionados em uma busca. Então, se você coloca uma foto de uma flor e utiliza a #flor significa que, quem estiver buscando por flor, vai encontrar sua foto. Experimenta só clicar em uma hashtag qualquer para ver o que acontece.

Como usar hashtags?

Agora que você já sabe o que é hashtag, você pode usar esse recurso a seu favor. Coloque duas ou três hashtags bem populares da sua área. Por exemplo, se você tem uma empresa que vende bolos caseiros, comece a escrever #bolos e veja o que o Instagram te apresenta, logo abaixo. Repara que ele mostra algumas opções com a quantidade de posts que já usaram, logo ao lado. Nesse caso, a #bolos aparece primeiro com mais de 200 mil publicações e a palavra #boloscaseiros com mais de 30 mil. Legal, essas podem ser boas hashtags para essa foto.

Recomendamos usar, no máximo 4 hashtags diretamente na legenda da sua foto. Porque é muito chato ver uma foto com legenda lotada de hashtags, né? Se você sentir uma necessidade muito grande de colocar muitas mais, para ter sua foto mais encontrada pelas pessoas, faça isso nos comentários da foto, ok?

Comece a escrever uma palavra chave do seu segmento e veja a dica do instagram com as hashtags mais populares

Comece a escrever uma palavra chave do seu segmento e veja a dica do Instagram com as hashtags mais populares

 

Minha hashtag

Uma boa prática é criar uma hashtag própria para sua empresa. Geralmente, o nome da empresa mesmo. Faça uma busca, determine a melhor hashtag para você e mande ver. Assim, você pode estimular seus clientes a usarem a sua hashtag quando postarem fotos com seus produtos, por exemplo. Facilita para sua própria busca e também para que você reposte esse conteúdo na sua conta, prestigiando seus clientes.

 

Qual é a quantidade de texto ideal em posts do Instagram?

Como o Instagram é uma rede social focada em fotos, há quem diga que o texto tem que ser enxuto e curtinho. A gente discorda! Na verdade, o tamanho do texto tem que ser adequado a sua verdade. É bem comum a gente ter vontade de escrever algo a mais, né? Então, siga seu coração se bater uma vontade de escrever um texto maior, pode fazer sem crise.

Um ótimo exemplo é a Nanda, da empresa de gastronomia funcional LeveMe, de quem tivemos o prazer de cuidar da identidade visual, projetos que chamamos carinhosamente de Marcas Apaixonantes. Ela posta receitas inteiras e muito bate papo bacana e tem uma conta com mais de 130 mil seguidores. É ótimo contar histórias, explicar assuntos que tem a ver com seu negócio, não se reprima. As pessoas se relacionam e se apaixonam muito mais por conteúdos verdadeiros. Pode ter textão sim!

+ Veja também: O projeto de marca apaixonante completo da LeveMe

 

Como conquistar seguidores no Instagram?

O Instagram é uma rede social, certo? Então, seja sociável! Saia por aí passeando para fazer networking virtual. Visite perfis que tem tudo a ver com a sua marca e seu assunto. Siga aqueles que te interessarem de verdade e comece a acompanhar. Quando essa pessoa ou empresa postar uma foto que tem tudo a ver com a sua, comente! Fale um pouco sobre o porque dessa identificação e chame educadamente para conhecer seu perfil, se achar que é o caso.

Atenção: nada de copiar e colar mensagens iguais do tipo “Oi, venha conhecer meu perfil!” em tudo quanto é lugar. Você dá um ar robótico e mecanizado para sua empresa, queima seu filme e, pior, certamente terá sua mensagem devidamente ignorada por todos. Se você é apaixonado pelo que faz, vai ser bem natural e muito prazeroso buscar empresas e pessoas quem tem relação com as coisas que você acredita. Pense no Instagram como se fosse uma grande festa cheia de pessoas interessantes e você vai se aproximar das que mais se identificam com a sua proposta. De quebra, vai encontrar ainda mais gente interessante para alongar a conversa, fazendo crescer sua rede.

 

Qual é o tipo de foto ideal para postar?

Fotos bonitas, que provoquem suspiros! Lembre-se, o Instagram é uma rede social voltada para imagens, certifique-se que seu post vai acompanhado de uma foto linda! Procure fotografar sempre na luz natural e pensar em algo que acrescente valor para sua audiência. Uma reflexão, um aprendizado, um detalhe do seu processo de trabalho, uma inspiração ou o resultado de algum projeto. Nunca fotografe com a câmera do próprio aplicativo, pois ela reduz a qualidade da imagem.

Posso postar selfie na academia, foto do meu almoço ou minha ida ao cinema? Pode, mas esses registros da sua vida pessoal tem tudo a ver com a proposta da sua empresa? Se não tem, faça uma conta pessoal para você, o Instagram permite que você administre duas contas dentro do próprio aplicativo, com facilidade. Claro que uma selfie tem muito valor: ver a carinha apaixonada das pessoas por trás daquela empresa é muito legal! Pode postar selfie: mas com propósito, intenção e moderação.

Posso postar foto do meu gatinho? Pode sim e gatinhos fazem sucesso. Mas, reflita: essas imagens fazem sentido com o propósito da minha empresa e com a mensagem que eu quero passar?

Você pode também postar imagens que não são fotos, e sim gráficos como frases de efeito. A gente faz isso bastante porque amamos mantras do bem, nossos mantlys. Mas, procuramos também, sempre que possível, incluir essas frases no “mundo real”. Por exemplo, impressas em um papel e fotografadas em um contexto bacana. Assim, a gente cumpre a promessa da pessoa ir passando pelo seu feed do Instagram e só ver fotos bonitas.

 

Que hora do dia devo postar, que dia da semana?

Você vai ver por aí todo tipo de estatística: poste domingo de manhã, evite segunda-feira e etc. Mas, a real é: você precisa aprender o que está ou não funcionando para o seu público. Essas estatísticas consideram todas as contas e não a sua. Comprometa-se em descobrir os hábitos e preferências da sua galera.

Uma atualização do Instagram lançada no segundo semestre de 2016 permite que você mude seu perfil para “comercial”. Assim, ele oferece algumas estatísticas básicas personalizadas. Veja detalhes abaixo. Mesmo assim, nós testamos dois aplicativos para coletar dados e estatísticas das nossas contas. O mais famoso é o Iconosquare, bem completo e pago, mas dá 15 dias gratuitos. Também descobrimos o Websta, que está completamente gratuito e em fase de testes, no momento. Com essas ferramentas, você vai descobrir qual horário de posts você tem mais curtidas, qual dia da semana, e outros dados bem interessantes. Após algum tempo de conta, você já vai conseguir reunir dados para encontrar boas práticas específicas com relação a sua conta e sua galera.

 

Posso repostar minhas próprias fotos?

A nossa primeira impressão é que só devemos alimentar nossa conta do Instagram com fotos inéditas. Acontece que conquistamos novos seguidores a todo momento. E, além disso, não foram todos os nossos seguidores atuais que tiveram a oportunidade de ver e curtir aquela foto tão legal que você postou no mês passado.

Então, é permitido repostar suas próprias fotos sim. Escolha cuidadosamente fotos que você postou e fizeram sucesso, já apaixonaram antes ou que acha que merecem ser vistas por mais pessoas. Quem já viu, é capaz de curtir novamente e gostar da mensagem mais uma vez. Já imaginou se a gente decorasse e memorizasse tudo que viu? Loucura, né? Pode perder o medo de aproveitar novamente alguma foto lindona que você postou lá atrás. Sempre usando bom senso e moderação, claro!

 

Direct Message: não se esqueça dela!

O Instagram permite trocar mensagens privadas, são as chamadas direct messages. Nada como um contato mais íntimo para apaixonar pessoas, né? Repare em uma caixa no canto superior direito, ao entrar no aplicativo. Quando alguém que você segue te manda uma mensagem, o Instagram coloca um numerozinho ali. Super fácil para chamar sua atenção, certo?

O problema é que, caso você não siga a pessoa, não aparece numerozinho. Então, seus seguidores ficam lá, esperando seu retorno, sem que você saiba. Chato, demais! Para evitar que isso aconteça, clique na caixinha, periodicamente. Aí sim você vai poder ler e responder todas as mensagens.

Do lado direito da imagem, o aviso de mensagem inbox. Do lado esquerdo da imagem, a caixinha parece não ter mensagem, mas pode ter. Cheque sempre!

Do lado direito da imagem, o aviso de mensagem inbox. Do lado esquerdo, a caixinha parece não ter mensagem, mas pode ter. Verifique sempre!

 

Antes de postar, lembre-se disso

> Regra do 80/20

Siga a regra do 80/20. Em 80 por cento da suas interações, procure falar algo de útil e interessante para quem te segue. Em 20 por cento você pode mostrar um produto ou serviço e fazer uma oferta mais direta tipo “compre agora”.

> Cuidado com a “floodagem” ou sumiço

Tenha uma frequência de postagens definida. Será diariamente? Dia sim, dia não? É bacana ter um ritmo que as pessoas possam esperar pelas suas fotos. Não se empolgue para não acabar “floodando”, ou seja, postar 5 ou 6 fotos seguidas ou em um mesmo dia. É bem provável que seu seguidor se canse de você e acabe deixando de te acompanhar. E também evite sumir, ficando meses sem postar nada.

> Repostar só com créditos

Repostar conteúdo de outras pessoas é super bacana. Você prestigia o trabalho ou a foto de alguém e diversifica um pouco sua timeline. Mas, atenção: peça sempre autorização ao dono da foto e use apps como o Repost para dar os créditos para pessoa tanto na foto quanto no texto.

> Curtidas vazias não interessam

Nunca compre seguidores ou curtidas. É jogar seu dinheiro no lixo. Curtidas vazias não representam nada. O que você busca é interação e engajamento. Não pire comparando sua quantidade de seguidores com outras empresas. Foque no seu crescimento, combinado?

> Como anda sua identidade fotográfica?

Crie o hábito de dar uma olhada no aspecto da sua conta como um todo. Você está reparando em algum tom de cor específico que você tem curtido usar? Algum filtro específico nas fotos? Se sim, comece a fazer isso de propósito… é uma prática legal ir sentindo o estilo de postagens da sua empresa, como ela se expressa nessa rede, e começar a fazer de maneira consciente. Já trabalhando sua identidade visual no mundo da fotografia também, como a nossa cliente Azucáre faz lindamente.

 

+ Veja também: O projeto de marca apaixonante completo da Azucáre

 

2016: Novo algorítimo do Instagram

No segundo semestre de 2016, o Instragram mudou a forma de mostrar as fotos para as pessoas. Não mais em uma linha do tempo cronológica, agora ele faz como o Facebook: segue um algorítmo. O algorítmo é uma conta que faz com que ele mostre algo primeiro para você, com base no que você vem curtindo ultimamente.

Muitas pequenas empresas estão com medo disso por pensar que ele pode diminuir drasticamente o alcance das suas postagens, aos seguidores que conquistou até hoje. Mas, só o tempo dirá. O fato é: se você posta fotos bem feitas e com carinho e conteúdo que interessa ao seu público, você está em um ótimo caminho. Seguir as dicas desse guia é uma ótima prevenção pra não se preocupar com novas formas de exibição das fotos e focar no seu crescimento.

 

2016: Perfil comercial com estatísticas

Outra novidade nessa atualização foi o perfil poder ser comercial. Antes dessa possibilidade, as contas de empresa se misturavam com contas pessoais. Agora, você pode trocar sua conta para perfil de empresa e tem acesso a dois recursos ótimos: dados e estatísticas da página e um botão de contato direto no perfil. Além disso, ficou bem fácil “promover” um post, ou seja, fazer do seu post um anúncio. Dá pra fazer direto no aplicativo na foto que você quer promover.

Isso é muito bom para quem tem pequenas empresas. Você vai ter uma noção real do alcance das suas fotos, em cada caso. Também vai ter acesso a dados demográficos tipo: idade dos seus seguidores, locais divididos por estado e os horários nos quais as pessoas estão mais online. Legal demais, né? Os dados ainda podem ficar bem mais detalhados, como os aplicativos que mencionamos acima (Iconosquare e Websta), mas é um ótimo começo.

 

Acesse as opções do aplicativo e clique em "Mudar para o perfil comercial". Depois, vai perceber novas funcionalidades: estatísticas e contato direto no perfil

Acesse as opções do aplicativo e clique em “Mudar para o perfil comercial”. Depois, vai perceber novas funcionalidades: estatísticas e contato direto no perfil

 

Ao clicar no botãozinho das estatísticas do Instagram, você vê os horários que seus seguidores mais ficam online e dados sobre eles

Ao clicar no botãozinho das estatísticas do Instagram, você vê os horários que seus seguidores mais ficam online e dados sobre eles


 

2016: Instagram Stories

Outra novidade de 2016 foi o Instagram Stories. Um serviço idêntico a outro aplicativo, o Snapchat. A ideia aqui é ver e mostrar o que está acontecendo na sua empresa naquele momento, ao vivo. Depois de 24 horas, as imagens ou vídeos somem. Muita gente achou esse recurso esquisito porque o Instagram era justamente para colocarmos fotos bonitas, pensadas e escolhidas. Um pouco fora dessa proposta “instantânea” ou “de qualquer jeito” vinda do Snapchat.

Bom, mesmo com as críticas, muitas pessoas estão usando. Para ver as histórias, basta clicar nas bolinhas que aparecem no topo do aplicativo. Ao clicar, você vê a sequência de vídeos ou fotos daquele perfil das últimas 24 horas e, quando ele acaba de mostrar já pula pro próximo. Se estiver achando chato, arraste o dedo na tela da direita para esquerda que ele muda de perfil. Se quiser continuar nesse perfil mas está achando lento, um toque na tela faz pular pra próxima foto.

Ao clicar no símbolo do canto superior esquerdo, você pode fazer sua foto ou vídeo. Essa função também permite que você escreva palavras ou faça desenhos sobre as fotos, como uma colagem.
 

No canto superior esquerdo, você encontra o botão que te leva a tela da direita. Pronta para gravar ou fotografar sua "história" que só dura 24 horas. As bolinhas coloridas são histórias dos perfis que você segue.

No canto superior esquerdo, você encontra o botão que te leva a tela da direita. Pronta para gravar ou fotografar sua “história” que só dura 24 horas. As bolinhas coloridas são histórias dos perfis que você segue.

 
Esse guia está repleto de dicas, aproveite bastante! Mas, lembre-se, não se apoie completamente em nenhuma rede social. Porque, como a gente vê nas mudanças de regras constantes, elas podem te deixar na mão. Use o Instagram com sabedoria como mais uma das suas estratégias e concentre seus esforços em locais onde você tem mais controle: como seu site e sua lista de e-mails, por exemplo.

Tem mais dicas legais de boas práticas? Somos todo ouvidos, esperamos seu comentário. Gostou desse guia? Vamos amar saber também! Abraços do casal e obrigado por estar aqui.

Instagram: Guia completo para pequenas empresas - carinhas.com.br

AUTORES

Melina e Raphael

Um casal, muitas ideias! Sócios desde 2008, somos apaixonados por ilustrar pessoas através das Carinhas, desenvolver Marcas Apaixonantes e criar mantras do bem, na Mantly. Cariocas vivendo em Portugal. Curiosos, otimistas e praticantes de dancinhas da felicidade.

Todos posts por: Melina e Raphael
6 comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado