Quando investir em uma marca gráfica para minha pequena empresa?

1024 492 Melina e Raphael
  • 3

Como você já sabe, a identidade visual é essencial para comunicação da sua pequena empresa. Ou seja, ter uma marca gráfica, cores definidas, peças como cartão de visita e tudo mais é super importante. Mas, muita gente nos pergunta: quando investir em uma marca? Devo investir tempo, dinheiro e energia assim que começar com a minha empresa?

“O momento certo é estratégico pra sua pequena empresa fazer um investimento inteligente financeiro e de tempo na identidade visual. E esse momento certo tem a ver com clareza!”

A gente é procurado pra fazer projetos de identidade visual por vários tipos de empresas. Tem aquelas que estão começando, empresas que já existem há alguns anos e outras que existem há mais tempo. Então o momento certo, na nossa opinião, não tem a ver com o tempo de existência da empresa. O momento certo tem a ver com clareza!

Separamos algumas perguntas para você se fazer. Esses pontos tem a ver com o que você precisa saber antes de investir tempo, dinheiro e energia em identidade visual para sua pequena empresa.

 

Os diferenciais da sua pequena empresa estão claros?

Independente da minha empresa estar começando ou já ter experiência, eu tenho clareza sobre meus diferenciais? Ter clareza é conseguir explicar e colocar em palavras o perfil completo da minha empresa. Será que você sabe exatamente o que faz de diferente dos seus competidores? Sabe dizer por que seu cliente deve escolher a sua empresa ao invés de outra? Afinal, qual é a sua maneira única de resolver os problemas das pessoas com seu produto ou serviço?

 

Os benefícios do seu produto ou serviço estão definidos?

Os benefícios que você entrega vão muito além das características dos seus produtos e serviços. Por exemplo, você pode vender um bolo super gostoso. É fácil perceber os benefícios funcionais. Ou seja, entender se o seu bolo é decorado para um casamento ou é um bolo simples para o dia a dia. Mas e os emocionais? O que seu produto entrega que resolve o problema daquela pessoa focando nos sentimentos dela?

+ Conheça também o nosso e-book “Marcas Apaixonantes: aprenda como pequenas empresas usam o design estrategicamente para alcançar grandes sonhos”

Feen & Faden, a marca que criamos para uma empresa que faz artesanato de maneira lúdica. Clique para ver o projeto completo

 

Eu conheço de verdade o perfil do meu cliente ideal?

Quando a gente fala em perfil de cliente, sempre rola uma resposta mais ou menos assim: o perfil do meu cliente é de homens e mulheres entre 18 e 90 anos. Então, esse perfil ainda está muuuito amplo. Não dá pra usar esse perfil, a gente não sabe quase nada sobre essa pessoa. Para investir em uma identidade visual de forma inteligente, você precisa ter definido o perfil de cliente ideal que sua empresa quer atender. Vá mais fundo pra desenhar esse perfil: o que essas pessoas fazem no dia a dia, o que elas estão planejando nesse momento, quais são seus sonhos e problemas?

 

Ainda não tenho clareza para investir tempo e dinheiro em uma marca para minha empresa, o que fazer?

Pra ter mais clareza, é importante investigar esses tópicos. Se sua empresa está começando, é legal realizar vendas, mesmo que em fase de testes. Assim, você vai conseguir receber depoimentos das pessoas que atendeu. Com isso, vai podendo entender onde está acertando e errando com seu produto ou serviço. Vai poder também conhecer melhor o perfil dessas pessoas. Para fazer essas vendas iniciais, tudo bem usar uma identidade visual provisória. Feita por um profissional iniciante ou comprada pronta naqueles bancos de marcas. Assim, sua empresa pode começar e ir ganhando clareza para investir de um jeito mais objetivo, em breve.

Caso a empresa já esteja vendendo há algum tempo, a sugestão é parar para analisar. Se eu pretendo investir em uma nova identidade visual, eu tenho clareza do por quê? O que mudou? Que fase nova é essa que minha empresa está entrando? O que eu quero mudar daqui pra frente? Crie o hábito de escrever sobre seus aprendizados. E também de fazer perguntas estratégicas para seus clientes tipo “o que mais te chamou a atenção positivamente na sua experiência com a minha empresa?”.

+ Leia também “Redesign: 5 sinais que é hora de mudar a identidade visual”

 

“Luz, forno, ação” cartaz criado para a identidade visual da Comer Bem. Clique para ver o projeto completo.

 

E se eu investir tempo, dinheiro e energia em uma identidade visual sem ter compreendido esses pontos?

É super frequente as pessoas investirem em identidade visual sem ter clareza desses pontos. O que acontece, muitas vezes, é o seguinte: a pessoa empreendedora fica presa no seu gosto pessoal. Já chega para o designer cheia de referências visuais, marcas que você achou bonitas. É provável que o designer que você escolheu te questione sobre todos esses pontos acima. Mas, se você não tiver essas respostas, é difícil projetar uma identidade visual que representa sua empresa verdadeiramente.

Você corre o risco de ter uma marca tipo “cereja do bolo”. Só um desenho bonito, que você aprovou com seu gosto pessoal, para representar sua empresa. Mas falta para esses desenhos, cores e imagens uma personalidade conectada com a sua empresa e com o público que ela quer atender. Em breve, você vai notar que está com dificuldades na comunicação e que a sua identidade não está te representando bem.

Por aqui, a gente trabalha com um primeiro passo chamado Mergulho Empreendedor, quando iniciamos um projeto de identidade visual. No Mergulho, vamos cobrir todos esses pontos com você. Nessa etapa não estamos nem pensando em soluções visuais, cores ou formas. Precisamos compreender tudo que falamos acima pra conseguir te entregar uma solução eficiente pra você.

+ Leia também: Minha logo está legal? 5 perguntas para avaliar sua marca

 

Papel de parede criado para a identidade visual da Aimée. Clique para ver o projeto completo.

Conclusão: investir tempo, dinheiro e energia em uma identidade visual sem clareza é bastante arriscado. Você pode, rapidamente, precisar investir mais uma vez em um redesenho ou mudança. Foque sua atenção no seu auto conhecimento empreendedor e no seu perfil de cliente ideal. Quando sentir que tem clareza desses pontos, contrate um designer experiente da sua confiança para realizarem esse projeto juntos.

E você? Em que momento investiu em uma identidade visual feita por um profissional? Como foi para você? Esperamos a sua experiência nos comentários.

>>> Conheça nossos projetos de identidade aqui: carinhas.com.br/marcas

Quando investir em uma marca gráfica para minha pequena empresa? - carinhas.com.br

AUTOR

Melina e Raphael

Um casal, muitas ideias! Sócios desde 2008, somos apaixonados por ilustrar pessoas através das Carinhas, desenvolver Marcas Apaixonantes e criar mantras do bem, na Mantly. Cariocas vivendo em Portugal. Curiosos, otimistas e praticantes de dancinhas da felicidade.

Todas as histórias por: Melina e Raphael

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado.