Oi, somos Melina e Raphael

UM CASAL, MUITAS IDEIAS

Há dez anos, começamos uma parceria na vida e no nosso fazer. Não poderíamos imaginar que essa jornada nos mudaria tanto, nos traria tantos desafios e alegrias. Conheça aqui um pouco mais sobre nós!

AMOR À PRIMEIRA CONVERSA

Era verão, ano de 2006 e foi amor à primeira conversa! Sim, porque nos conhecíamos há anos mas nunca tínhamos parado para conversar de verdade. Sabe quando tudo flui e a gente nem sente o tempo passar? Foi assim! De lá pra cá, namoramos, moramos juntos, fizemos dancinhas da felicidade, choramos um no ombro do outro, viramos sócios, criamos novos projetos, casamos, escrevemos um livro e mudamos de país. Vai saber que aventuras ainda nos aguardam. Agradecemos por você estar aqui com a gente!

Melina em 150 palavras

Em 2001, entrei para faculdade de Design na PUC-Rio. Mesmo sem saber o que me esperava. Asim que eu entendi o que era design, e como ele é transformador na vida das pessoas me apaixonei. Fiz mestrado também na PUC-Rio na linha de pesquisa de Ergonomia. Minha pesquisa buscou entender melhor a relação do design e da informação visual, quando o assunto eram ícones. Depois disso, trabalhei em agências e escritórios de design e muito como freelancer. Porque, se tem um negócio que eu sou, é inquieta!

Encontrei o Rapha e ele virou meu parça, meu melhor amigo, meu marido, meu sócio. Sabe aquela pessoa que é um perigo ser dupla em jogo de adivinhação? Porque a gente se entende só com o olhar! Hoje, além de desenhar pessoas queridas como Carinhas, cuidamos de identidades visuais estratégicas para empreendedores incríveis e apaixonados. Perguntas, dúvidas? oi@carinhas.com.br

O casal com a Leda Nagle, no Sem Censura

Nosso casamento com Carinhas
foto: operti.info

Tudo novo de novo, mudamos para Lisboa
foto: cultuga.com.br

Raphael em 150 palavras

Comecei no mundo do design em 2004, quando entrei para graduação na PUC-Rio. Sempre curti desenhar e vi uma possibilidade de desenvolver essa área. Com o tempo, percebi o quanto design era bem mais amplo. Fiquei até mais empolgado! Fui monitor e bolsista no laboratório de Gestão em Design. Trabalhei em escritórios como estagiário e efetivado cuidando de projetos para grandes marcas.

Conheci a Melina e logo começamos a fazer marcas juntos. Da dupla, sou o introvertido… por essas e outras que a gente se complementa tão bem. Não hesitei quando ela me chamou para sermos sócios em 2008. Só não pensei que, juntos, ainda iríamos para Teresópolis e, depois, Lisboa, onde acabei de concluir uma pós em Branding! Cuidar de Carinhas e ver empreendedores com brilho no olho ganharem marcas apaixonantes (a altura dos seus sonhos) é uma satisfação e sensação de dever cumprido. Dúvidas? oi@carinhas.com.br

Senta que lá vem

A HISTÓRIA DAS CARINHAS

Sempre tivemos vontade de empreender, mas ainda não tínhamos encontrado o momento certo. Enquanto trabalhávamos em agências e escritórios com design, sentíamos que era possível iniciar um negócio seguindo também nossa profissão, design gráfico, mas faltava um diferencial. Sempre buscando conhecimento sobre o assunto e se especializando, houve um fato que foi a última peça desse “quebra-cabeças”. Nossos sobrinhos chegaram ao mundo e, em 2008, a mãe deles encomendou um desenho bem simples de dois bonequinhos de palito para fazer uma tatuagem em homenagem a eles. Abraçamos o desafio juntos, com muito carinho. Afinal, a tatuagem é uma memória que fica para sempre, a responsabilidade é enorme… na mesma proporção do amor de todos os envolvidos. Entregamos uma ilustração feita com carinho e traços muito simples, mas que lembrava a fisionomia dos dois.

Feita a tatuagem, o sucesso foi muito grande entre amigos e conhecidos. Todos reconheceram os bebês no resultado! De tanto recebermos perguntas de amigos, decidimos montar um blog para facilitar a visualização do desenho e colocamos no ar.

A surpresa veio com acessos de todas as partes do Brasil e encomendas surgindo de outros estados.

As encomendas por Carinhas (como batizamos a ideia) começaram a vir de adultos também, para nossa alegria! As ilustrações também encantaram os grandinhos, não só os bebês e crianças. Aceitamos e nos jogamos nessa possibilidade, no nosso tempo livre. Um ano depois, as Carinhas passaram a ser a principal ocupação do casal.

A tatuagem com as primeiras Carinhas: Carol e Bê

Já atendemos todos os estados do Brasil e os 5 continentes

“Logo que lançamos nossa proposta, o diferencial foi a simplicidade, fofura e delicadeza tanto dos traços quanto do contato com as pessoas”

Destaque em várias matérias

Gravando nossa websérie Marcas Apaixonantes

Nesse meio tempo, tivemos a felicidade de encontrar clientes muito queridas, pessoas que admiraram e apoiaram nosso trabalho e recebemos reconhecimento da mídia impressa, online até mesmo da TV. Em 2010, trocamos o Rio de Janeiro por Teresópolis, na região serrana, e nos casamos. Foi em busca de mais sossego, qualidade de vida, ar puro e natureza. Em Terê, encontramos muito mais do que isso e curtimos cada momento.

Acreditamos que a vida é movimento e, por isso, em meados de 2015, nos mudamos para Lisboa.

Para cursar uma pós graduação em Branding e buscar um novo olhar pro mundo! Definitivamente somos do grupo que acredita em “fazer o que se ama”. Mas, essa afirmação não faz nenhum sentido se o amor que se dá não for destinado para alguém.

Das mais diversas, sejam singelas ou grandiosas, formas, é a conexão com as pessoas que faz a magia acontecer. Essa troca é possível em qualquer profissão.

Graças a nossa forma de pensar, empreender tem sido uma jornada intensa de crescimento pessoal e despertar para o auto conhecimento. Abertos a mudar nossa forma de fazer e pensar a todo momento, enfrentamos muitos desafios. Mil medos, madrugadas viradas, vontade de jogar tudo pro alto em um momento e motivação a mil, no outro. A vida empreendedora é cheia de altos e baixos. Seguimos juntos, nos adaptando e repensando… sem desviar o coração dos nossos valores e crenças.

Desde os primeiros dias de Carinhas, lá em 2008, já tínhamos percebido que carinho muda o mundo e temos muito orgulho de fazer parte dessa mudança através das Carinhas e também de outros projetos nossos como o Marcas Apaixonantes, Mantly e Amo Terê.

0
dias juntos
0
filmes assistidos
0
clientes atendidos
0
posts no blog
Em cada coração, uma história pra contar

CARINHAS PELO MUNDO

O CASAL RESPONDE

Se você tem o desejo de ser sócio da pessoa amada, não entre em pânico! Vai necessitar do mesmo respeito que você precisa para ser casado. O que tem que ser moderado é a intimidade. Não se aproveite dela para ser muito direto ou grosseiro com a pessoa… trate como um colega de trabalho. Assim, a dose de amor que vocês tem um pelo outro só vem a calhar!

A rotina produtiva tem pouco a ver com o local de trabalho. É sério! Observe bem… em 8 horas (ou mais) no escritório, você não consegue ser 100% produtivo, a todo momento. Em casa, você pode usar bem menos horas estando completamente produtivo. Assim, é possível trabalhar por menos tempo, com mais foco. E usar esse tempo de sobra para estar com sua família, se exercitar, preparar sua própria comida e relaxar, por exemplo.

A nosso ver, esse é o maior benefício do home office, além de não haver o deslocamento para o local de trabalho, claro. Caso a televisão esteja te chamando muito a atenção, a geladeira, a cama ou seja lá o que for, pare pra pensar. As distrações podem estar mais ligadas a atividade que você vem desenvolvendo (a empolgação está em dia? Você está vendo propósito no que faz? Se sente preparado para fazer?), do que ao fato de ser em home office.

Outra dica importante é: automação! Use um tempo para pesquisar e conhecer aplicativos, sites e outros recursos tecnológicos que possam te ajudar a realizar tarefas de forma automatizada.

Ficamos muito felizes em receber bastante esta pergunta, ver esse reconhecimento e servir como inspiração para as pessoas. Acreditamos que vai variar muito em cada caso e são inúmeros aspectos que devem ser considerados na hora de entender porque um negócio “faz sucesso”.

Temos convicção de que acreditar naquilo que se faz de verdade, ter um produto criativo, uma identidade visual bem trabalhada, muita garra para trabalhar e muita vontade de fazer diferente dos outros são qualidades que tem tudo para levar um negócio ao sucesso.

São muitas as dicas que temos para compartilhar e também para aprender com quem quer empreender com o coração. Dividimos muitas delas através dos nossos artigos publicados aqui no nosso blog sob a categoria empreendedorismo. Vem conversar com a gente por lá também através dos comentários. Sinta-se em casa para enviar sua dúvida, comentário, pergunta, bate-papo, sugestão e etc para nosso e-mail: oi@carinhas.com.br

Acreditamos que o maior desafio é não ter medo de mudar e de nos adaptar. De descartar o que não estava dando certo, de alterar e também de voltar atrás se for o caso. Então, vencendo esse desafio a cada momento, você vai ficando mais maleável, ganha um jogo de cintura que não tinha no começo. No início, cada dificuldade parece um monstro.

Com o tempo, você consegue contornar com mais tranquilidade. Então a gente diria que a maior dificuldade é nunca parar, nunca se acomodar e achar que “em time que está ganhando não se mexe”. A vida é movimento então não podemos ficar parados.

A nossa profissão como designers já demandava um tempo longo no computador. Então, foi natural que nossa empresa fosse estabelecida toda no mundo virtual. Como tem um coraçãozinho pulsante atrás de cada computador, acreditamos que os relacionamentos estabelecidos aqui são muito reais.

Houve um momento em que fazíamos atendimento telefônico. A gente adora papear então, o que era pra trazer praticidade, se tornou um problema. Ligações a todo momento, muito longas… estavam impedindo nosso fluxo de trabalho.

Por isso estabelecemos que só faríamos atendimento por e-mail também já há alguns anos. Foi um ganha-ganha: nós conseguimos responder rapidinho. E, os clientes tem a oportunidade de colocar suas ideias no papel. É sério, muito do que a gente explica de qualquer jeito no telefone é porque nos falta clareza. Escrever é esse exercício e ajuda as pessoas tanto no desenvolvimento de ilustrações como Carinhas até, principalmente, no cuidado com identidades visuais estratégicas. Pode apostar, ser online é prático, rápido e gostoso demais!