Como planejar o ano da minha pequena empresa

    1024 492 Melina e Raphael

    O ano começa de mansinho, todo mundo ainda no clima de festas e recesso. Quando vê, o atropelo vem e a correria começa! Então, nossa sugestão, nesse período mais calmo, é pensar na estratégia da sua empresa. Assim, você planeja um ano apaixonante e, na correria do dia a dia, vai conseguir reduzir o stress e tomar decisões com mais facilidade.

    Ter uma estratégia para sua pequena empresa é fundamental para ter um ano de sucesso. O momento de baixo movimento é uma ótima para pensar em pontos importantes.

    Mas, como começar? Preciso fazer aqueles planos de negócios chatos e cheios de palavras complicadas? Não, você pode começar bem simples, com suas vivências e experiências do ano anterior como ponto de partida. E a gente vai te ajudar com os tópicos que são mais importantes por aqui e que revisamos sempre na nossa pausa estratégica. Bora!

     

    1 – Revisitar suas motivações e diferenciais

    Começando do começo: porquê você faz o que faz hoje na sua empresa? O que te motivou a começar e seguir esse caminho? Porquê você faz o que faz de um jeito único? Esse sentimentos ainda estão de pé ou você seguiu nessa estrada por costume ou porque “em time que está ganhando não se mexe?”. Veja bem, se mexe sim e é estratégico ajustar a rota de tempos em tempos, mesmo que esteja indo tudo bem.

    É importante lembrar que mudar de rota não significa apagar tudo que você fez até agora e começar uma empresa nova. Não significa mudar tudo! Por isso, uma mudança de rota pode ser suave e pequena, um ajuste. Sendo assim, esse ajuste vai se mostrar uma boa ideia ou má, no futuro. E você segue ajustando, é um processo constante. Por aqui, sempre trabalhamos com identidades visuais. Mas, foi em um ajuste de rota que esse tipo de projeto se misturou, em 2014, no nosso site de ilustrações. Ou seja, foi um serviço que chegou de mansinho e, em poucos anos, se tornou nossa atividade principal: as Marcas Apaixonantes!

    Foi em um ajuste de rota que focamos cada vez mais nos nossos projetos de Marcas Apaixonantes. Veja o projeto da Colarinho da Serra completo aqui.

     

    2 – Olhar com atenção para os números

    A gente sabe, especialmente pra quem é de humanas, olhar os números é uma chateação. Mas, quando você começa a olhar estrategicamente para eles, os números são nosso espelho retrovisor e ajudam demais nesse caminho que vamos seguir. Porquê olhar para o que aconteceu ano passado vai nos permitir estabelecer metas e objetivos para o próximo ano. É preciso ver o número de clientes que te contratou e o de potenciais clientes que te procuraram. Também veja, entre os seus produtos e serviços, qual trouxe uma rentabilidade melhor? Só pra começar!

    Assim, você fica sabendo quais produtos ou serviços são mais interessantes pra focar daqui pra frente. Sabe também quantos clientes precisa para fechar as contas, por exemplo. Também analisa se consegue pegar o que a empresa lucrou para reinvestir. Se você só atende as pessoas, recebe e gasta, sem analisar os números, nunca vai ter o controle real das finanças da sua empresa. Estrada escura de noite sem farol, imagina que perigo! O risco de acidente (nesse caso, acidente financeiro) é alto! Cuidado, dirija sua empresa com consciência.

    + Leia também: Branding e o que minha pequena empresa tem a ver com isso?

     

    3 – Rever processos e relacionamentos

    Se você tem uma empresa, uma coisa é fato: você viveu momentos estressantes nos últimos 6 ou 12 meses. Seja com sua equipe ou com sua forma de trabalhar, seja com seus clientes, seja com seus parceiros. Depois que passou, com a cabeça mais fria, é hora de analisar: como eu posso mudar o meu comportamento para evitar que aconteça novamente? Sim, porquê o comportamento da outra parte eu não posso mudar mas o meu eu posso, certo?

    Por exemplo, diversos clientes estavam ficando ansiosos e um pouco confusos sobre em qual fase do projeto de Marca Apaixonante estávamos e quanto falta para acabar. Pensando nisso, nós criamos uma página de acompanhamento de projetos em tempo real. Nela, nossos clientes podem entrar e consultar direitinho os prazos cumpridos até agora e em que fase estamos atualmente. Por isso, antes de reclamar das queixas dos seus clientes, abrace sua responsabilidade em facilitar a vida deles também. Falando em clientes…

    Criamos uma página de acompanhamento online dos projetos de Marcas Apaixonantes. Assim, os clientes podem saber em tempo real em que fase estamos e quais são os próximos passos.

     

    4 – Detalhar o perfil de cliente dos sonhos

    Uma coisa bem comum é ver pessoas empreendedoras que querem atender todo mundo que pede um orçamento ou proposta. Mas, na real, sua empresa cresce e floresce quando você atende mais seus clientes dos sonhos. Que tal olhar para os últimos 12 ou 6 meses e pensar nos seus melhores clientes. Ou seja, aquelas pessoas com quem você amou trabalhar, que te proporcionaram uma troca super bacana do início ao fim da relação de vocês. Por isso, pense nessas pessoas e comece a perceber o que elas tem em comum. Assim, você estará formatando seu perfil de clientes dos sonhos.

    Você não precisa atender pessoas difíceis de lidar e que não valorizam seu trabalho. Porquê os seus clientes dos sonhos estão aí, procurando por você e precisando da sua ajuda. Ou seja, quanto mais você focar em compreender e detalhar esse perfil, melhor ficará a vida da sua empresa. E, aproveita que está fazendo essa análise, e descreva também o perfil de cliente que você não quer ter. Aquela pessoa que não respeitou sua forma de trabalhar, quis reduzir seus preços e prazos e mais. O que essas pessoas, que foram um problema, tem em comum? De quebra, você aprende a reconhecer um cliente problema de longe e nem começar essa relação, daqui pra frente.

    + Leia também: Faça você mesmo a marca da sua pequena empresa: sim ou não?

     

    5 – Planejar sua comunicação

    Você já revisitou suas motivações e diferenciais, encarou os números e criou novas metas. Também teve ideias ótimas para melhorar os relacionamentos da sua empresa e entendeu melhor o seu perfil de clientes dos sonhos. Ou seja, está tudo encaminhado para você falar com as pessoas certas sobre seus serviços e produtos mais rentáveis com foco nos seus motivos e diferenciais. Veja bem, tá tudo ligado! Por isso, chegou a hora de planejar sua comunicação para esse ano que começa!

    Por aqui, temos feito lista de mensagens, a famosa newsletter. Então, estamos focando cada vez mais em conteúdos para quem tem pequena empresa (é seu caso? entre aqui!). Sendo assim, para planejar a comunicação nós pensamos com antecedência nos temas importantes que vamos abordar nos próximos 6 meses. Blog, Instagram e o queridinho Pinterest também são nossas ferramentas favoritas. Lembre-se: ficar com o Instagram aberto esperando a inspiração pra postar vir vai atrasar a vida da sua empresa. Por isso, escolha os canais que você e seus clientes dos sonhos gostam e planeje com antecedência sobre o que vai falar.

    Pegar uma boa xícara de chá ou café e planejar vai fazer toda diferença na sua vida e na da sua pequena empresa: conheça nosso Planner da Vida

     

    6 – Organizar sua identidade visual

    Deixamos pro final nosso momento favorito: cuidar da identidade visual. Sim, porque como sempre falamos por aqui, a Marca da sua empresa não é só um desenho bonito nem a cereja do bolo. Porquê ela comunica justamente tudo que falamos nesse post. Então, esse é o momento de analisar: sua marca representa bem a sua empresa? Existe uma identidade organizada com uma paleta de cores definida, por exemplo? Sua identidade visual tem um porquê por trás de cada elemento? Veja aqui alguns exemplos de projetos completos que criamos. Todos começam com um Manifesto, um conceito por trás para servir de estrutura para aquele visual.

    Liste todos os locais onde sua marca e identidade estão aplicadas: site, cartão de visitas, redes sociais, uniforme, fachada, materiais de divulgação, apresentações, etc. A marca está coerente em todos esses pontos? Ela está repetitiva demais, sem uma identidade trabalhada de forma interessante? Ou seja, é importante rever esses pontos periodicamente pra sua imagem estar alinhada com tudo que se passa no coração da sua empresa.

    + Leia também: Como fazer um investimento inteligente em identidade visual? Não gaste um centavo antes de ler essas dicas

    E você? Quais tarefas considera estratégicas para manter sua empresa apaixonante, sustentável e realizar seus sonhos enquanto ajuda muita gente, esse ano? Conta pra nós nos comentários e que seu ano seja incrível!

    SUA PEQUENA EMPRESA ESTÁ PRONTA PARA APAIXONAR?

    Faça o teste online e descubra seu momento empreendedor e quais são os próximos passos para apaixonar seus clientes dos sonhos.

    Fazer o teste

    Como planejar o ano da minha pequena empresa

    Como planejar o ano da minha pequena empresa

    Author

    Melina e Raphael

    Formados, pós graduados e apaixonados por design gráfico. Cariocas que vieram estudar Branding em Portugal e ficaram. Sócios desde 2008, ajudamos centenas de pessoas empreendedoras com grandes sonhos a terem uma Marca Apaixonantes. Curiosos, otimistas e praticantes de dancinhas da felicidade!

    Todas as histórias por: Melina e Raphael
    2 comentários

    Deixe uma resposta

    O seu email não será publicado.