Finalmente criamos um curso online! E aprendemos 5 coisas que ninguém conta

    1024 492 Melina e Raphael
    • 2

    Há mais de 10 anos, quando nós dois trabalhávamos com design em agências, começou a se falar bastante do tal EAD: Ensino a Distância. Naquele momento, a gente sabia pouco sobre isso e muita gente ainda torcia o nariz. Será que dá mesmo pra aprender algo online?

    Não passou muito tempo pra essa dúvida não só acabar como cursos online se popularizarem bastante! Foi mesmo um boom de cursos online no Brasil. Para ensinar sobre tudo, até mesmo cursos para ensinar a fazer cursos. Fórmulas mágicas, promessas de ganhar muito dinheiro com pouco esforço, sei lá quantos dígitos na sua conta em poucos dias… garantidos!

    Ao mesmo tempo que várias pessoas diziam pra nós: façam um curso online, a gente sempre ficava com o pé atrás. Não queríamos dar a impressão de que nossa área de atuação tinha algum tipo de fórmula mágica para o sucesso. Porque não tem!

    Então, como fazer? Simplesmente desistir de criar conteúdo online em forma de curso? Deixar de aproveitar essa oportunidade de ajudar tantas pessoas com a nossa experiência? Como será que a gente faria pra chegar em um resultado que fosse alinhado com o que a gente acredita de verdade?

     

    1) Desenvolver um curso online começa muito antes de você sequer pensar nele

    Nesses anos de vida profissional como designers, fomos notando algo que se repetia. Centenas de pessoas por ano nos pediam orçamento para criação de uma marca para suas micro e pequenas empresas. Nesse bate papo do pedido de orçamento, muitas delas não conseguiam responder algumas perguntas. Era difícil especificar os diferenciais dos seus produtos e serviços ou as forças da sua pequena empresa. A pergunta que mais adoramos fazer e que muita gente tinha dificuldade para responder é: por quê você tem paixão pelo que faz? Ficamos assustados com essa dificuldade, afinal, a gente acredita que uma Marca Apaixonante começa na paixão da pessoa empreendedora.

    Então, a gente sempre ficava se perguntando: como ajudar essa pessoa empreendedora antes mesmo do projeto de identidade visual começar? Como ajudar essas pessoas a cuidar de uma etapa anterior e fundamental para uma marca que apaixona: o auto conhecimento empreendedor? Assim foi nascendo a ideia de criar nosso curso online.

    Ou seja, muito antes de estruturar conteúdo, gravação, roteiros e mais você precisa entender melhor: pra quem será o curso? Qual é o objetivo dele? Como posso ajudar essas pessoas com o que eu sei? Então, o processo começa muito antes do curso sequer ter uma forma.

    O design conecta e encanta mas uma marca incrível e pronta para apaixonar vai muito além de um desenho bonito!

    + Leia também: Quando investir em uma marca gráfica para minha pequena empresa?

     

    2) Criar um curso online não é um processo rápido

    Descobrimos para quem seria nosso curso. Para pessoas que querem ter uma Marca Apaixonante e precisam investir mais energia no seu auto conhecimento empreendedor. Depois, fomos estudar mais a fundo ainda: Rapha fez uma pós graduação em Branding, quando nos mudamos para Lisboa. Então, foram muitos textos, rascunhos, papos e reuniões entre nós nos últimos dois anos sobre esse conteúdo. E todo um mundo novo se abriu pra nós no sentido de entender mais sobre esse universo de cursos online sem cair naqueles clichês que a gente não acredita, tipo fórmula mágica ou receita para o sucesso.

    Ou seja, você não vai criar um curso online em poucos dias por mais que siga algum tipo de passo a passo. Porque toda sua experiência, sua prática, outros cursos… tudo isso entra pra essa conta. A gente não queria entregar algo superficial. Então, criar um curso online definitivamente não é um processo rápido. Ainda mais se você precisa conciliar essa criação com seu trabalho em andamento, como foi nosso caso.

    + Leia também: Como nasce uma identidade visual, nossa metodologia etapa por etapa

     

    3) Escrever um roteiro que será falado por você é totalmente diferente de um texto para ser lido

    A gente está muito acostumado a escrever textos aqui para o nosso blog. Afinal, são mais de mil posts por aqui e alguns já com mais de 10 mil compartilhamentos como nosso Guia do Instagram. Por isso, pensamos que seria bem tranquilo sentar para escrever os roteiros dos assuntos que estruturamos para o nosso curso online. Que engano! Escrever roteiros é outra história. Então, nosso texto acabou ficando meio engessado e formal. Algo que definitivamente não somos!

    Pra completar, éramos nós mesmos que iríamos falar esse texto para câmera durante os cursos. Mais um “detalhe” que nos fez sair totalmente da zona de conforto. A gente faz stories no instagram, já fizemos videos antes, mas todos com uma proposta mais solta, sem roteiro, mais espontânea. Então, fazer essa transição não foi fácil! Mergulhamos nesse universo fazendo um curso super bacana do Vitor Alli, chamado “Falar pra câmera”. E o canal no youtube “Cá me disse” da fonoaudióloga Camila Loiola também deu altas dicas importantíssimas! Recomendamos os dois.

    Nos dividimos, cada um ficou com 5 aulas, totalizando as 10 aulas do curso fora aula introdutória e conclusão. O cenário foi nosso home office! carinhas.com.br

     

    4) Vai dar bem errado antes de ficar como você imaginou

    Conteúdo definido, estruturado e roteirizado. Chegou o momento de realizarmos as gravações. Com tudo que a gente aprendeu com o Vitor Alli, partimos pra encarar as câmeras. Foi muito mais fácil do que imaginamos porque tínhamos treinado bastante. Então, gravamos tudinho e fizemos um corte preliminar das 10 aulas gravadas. Ou seja, cortamos fora os erros e repetições e sentamos para assistir. A expectativa estava alta e…. concluímos que a gente queria entregar mais. E agora? Estava faltando conteúdo!

    Começamos a conversar sobre como enriquecer mais ainda os roteiros e materiais. Mais explicações, mais exemplos, mais histórias. Nosso foco foi sempre dar exemplos possíveis de empresas de verdade que a gente atendeu e conhece. Nada de ficar comparando sua micro empresa com a Apple ou com o Google. Nada de ficar jogando palavras complicadas que você não conhece e que iriam atrapalhar mais que ajudar. A gente precisou ver esse erro como processo e não desanimar. Escrevemos muito mais e os roteiros ficaram com o dobro do tamanho. Nosso curso ficou maior, melhor, mais completo!

    Além disso, gravamos na rua quase sendo atropelados, brigamos com o sol e ia e voltava fazendo oscilar a luz, visitamos diversas locações para concluir que iríamos gravar no nosso ambiente de trabalho mesmo! Foi um trabalho de dois anos com muita dedicação, viu? E deu errado muitas vezes antes de ficar do jeito que a gente queria.

    Criamos uma identidade visual para o curso e cada aula tem um exercício para levar pra prática (e outras surpresas) – carinhas.com.br

     

    5) Também vai dar super certo depois de muita dedicação

    A notícia boa é que também vai dar certo! A gente conseguiu fazer 10 aulas com mais ou menos meia hora de duração. Todas tem tópicos super relacionados ao que a gente acredita que tem a ver com auto conhecimento para quem empreende. Além disso, todas tem exercícios práticos! Porque a gente quer ajudar as micro e pequenas empresas no hoje e no agora! Criamos uma identidade visual para o curso e estamos completamente a-pai-xo-na-dos por ela. Rapha se jogou no After Efects sem nenhuma experiência nesse programa e criou gráficos incríveis para o curso. Melina desbravou o Premiere e cuidou de todos os cortes, trilhas sonoras e etc.

    Quando fizemos nossa Web Série Marcas Apaixonantes, a gente contou com uma equipe para cuidar da captação, fotografia, direção, edição e tudo mais. Dessa vez, decidimos nos jogar de corpo e alma nesse projeto para desbravar novos horizontes nesses 10 anos de Carinhas que serão completos em julho. Quer melhor forma de comemorar fazendo algo novo, nos desafiando? Estamos muito felizes com finalmente trazer essa notícia…

     

    Tcharam! É hoje o lançamento do nosso primeiro curso online!

    Mal estamos nos aguentando de ansiedade e fica aqui o convite para você assistir a nossa primeira aula totalmente gratuita com exercício para baixar. Basta se cadastrar gratuitamente no nosso ambiente do curso que e aula está lá esperando você. A aula se chama “Branding: e o que sua pequena empresa tem a ver com isso?”. Vamos te explicar o que significa Branding do nosso jeito.

    Você também vai descobrir os 5 principais erros que pequenas empresas cometem nesse assunto. Será que você está cometendo algum desses erros na sua vida empreendedora? Vamos falar de marca, gestão e te contar sobre como esses conhecimentos vão te ajudar a ter mais vendas e mais segurança para tomar decisões. E, assim, apaixonar muito mais! Esperamos você! Veja no vídeo abaixo um pouco mais sobre o curso ou venha em carinhas.com.br/cursos para saber tudinho em detalhes.

    >>> CADASTRE-SE PARA ASSISTIR A PRIMEIRA AULA GRÁTIS

    >>> SABER MAIS SOBRE O CURSO

    Esperamos você na nossa primeira aula grátis, aproveite também o valor especial de lançamento só até dia 5 de março. Veja detalhes nesta página! Estamos aqui para tirar qualquer dúvida via e-mail no oi@carinhas.com.br

    Finalmente criamos um curso online! E aprendemos 5 coisas que ninguém conta

    Finalmente criamos um curso online! E aprendemos 5 coisas que ninguém conta

    ESCRITO POR

    Melina e Raphael

    Um casal, muitas ideias! Sócios desde 2008, somos apaixonados por ilustrar pessoas através das Carinhas, desenvolver Marcas Apaixonantes e criar mantras do bem, na Mantly. Cariocas vivendo em Portugal. Curiosos, otimistas e praticantes de dancinhas da felicidade.

    Todas as histórias escritas por: Melina e Raphael

    Deixe um comentário, vamos amar!

    Não se preocupe, o seu email não será publicado.