Porque dar nome a uma marca é bem diferente de dar nome a um bebê (ou a um bichinho de estimação)

Porque dar nome a uma marca é bem diferente de dar nome a um bebê (ou a um bichinho de estimação)

Porque dar nome a uma marca é bem diferente de dar nome a um bebê (ou a um bichinho de estimação)

Porque dar nome a uma marca é bem diferente de dar nome a um bebê (ou a um bichinho de estimação)

Porque dar nome a uma marca é bem diferente de dar nome a um bebê (ou a um bichinho de estimação)

“Eu dei nome a diversos animais de estimação e sugeri nomes de parentes, por isso vou criar o nome da minha empresa.” Algumas pessoas tem bastante facilidade e interesse em nomes. Existem diversos casos de nomes criados por empreendedores que fizeram muito sucesso. Mas, é preciso ter alguns cuidados para que a experiência de criar um nome, aparentemente criativa e divertida, não acabe virando uma dor de cabeça.

“O nome de uma empresa precisa ser compreendido por um público específico e deve seguir regras para conseguir o registro que garante uso exclusivo, bem diferente do nome de um bebê ou pet.”

Já vimos pessoas precisando de um nome para suas empresas receberem a seguinte sugestão “compre alguns comes e bebes, separe uma tarde com amigos para terem ideias e logo vai surgir o nome ideal“. A gente garante: essa tarde com amigos será bem mais divertida sem esse compromisso. Afinal, criar um nome é uma tarefa complexa e existe até uma área do conhecimento chamada “Naming” para tratar do assunto. É preciso um pouco mais de técnica e cuidados do que parece. Vamos a algumas dicas para você não cair em ciladas!

 

O nome da marca precisa ser único na classe de nice

Atenção ao cuidar do nome da sua marca para, antes de mais nada, saber em qual classe de nice sua empresa se enquadra. Afinal, diferente do nome de uma pessoa, não é permitido que sua empresa tenha um nome igual ao de outra no mesmo segmento. Por vezes, nos nossos projetos de Naming, criamos mais de 50 nomes para chegar em nomes viáveis para registro nos segmentos que o cliente necessita. Contamos com ajuda de um advogado parceiro para fazer essa avaliação, que pode ser bastante complexa e cheia de nuances. O INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial – leva em conta a pronúncia do nome, existe o conceito de “marca fraca”, entre outros. Após o aval do advogado especializado, entregamos apenas nomes com altas chances de registro no INPI para nossos clientes. Já o nome de um bebê ou pet não precisa desse cuidado, você pode dar o nome que quiser e gostar, mesmo que ele exista em outras crianças ou animaizinhos.

Criamos o nome “Premura” para uma clínica de odontologia. Nesse caso, a classe de nice foi a 44, que abrange serviços médicos. Clique aqui e veja o projeto de Naming e marca completos.

+ Leia também – Naming: não decida o nome da sua pequena empresa sem conhecer o conceito de “marca fraca” e outros.

 

Você pode ser impedido de usar o nome que escolheu para sua marca

Digamos que você já está usando o nome da sua empresa há algum tempo e, finalmente, sentiu necessidade de registrar. Na hora H, descobre que já existe um nome igual ou parecido demais na mesma classe de nice e recebe uma negativa do INPI. Nessa hora, terá que modificar seu nome e, por isso, refazer materiais que já usa como site, embalagens, uniformes, redes sociais e outros. Imagina o tamanho do prejuízo! Isso acontece porque, se já existe um nome registrado no mesmo segmento, é provável que essa outra empresa impeça você de seguir usando o mesmo nome. Daí a importância de realizar o registro no INPI, que garante o uso exclusivo do seu nome no seu segmento. Já bebês ou pets provavelmente não serão impedidos de usar seus nomes ao longo da vida. Já pensou você ter um bebê e descobrir, alguns anos depois, que vai precisar mudar o nome da criança, pois tem outra pessoa com o mesmo nome? Isso não vai acontecer!

 

O nome da marca precisa comunicar

Sua empresa deseja se comunicar com alguém bem específico: pessoas que tem o perfil do seu cliente dos sonhos. Afinal, sem clientes não existe empresa! Então, você precisa ter essas pessoas em mente na hora de criar o nome. O que sua empresa faz por essas pessoas? Como ela é diferente das outras? Além desses, ainda são muitos pontos para considerar antes de bater o martelo sobre o nome da sua empresa. Já o nome do bebê, por exemplo, está muito mais ligado a sua emoção ou gosto pessoal. Ou seja, você pode simplesmente seguir seus sentimentos e escolher um nome que gosta e te soa bem. Mesma coisa com um animalzinho, que pode ter um nome bem enigmático e complicado para seus amigos, o que será apenas um fato curioso e não vai trazer maiores consequências na sua vida. Já um nome que significa muito para você mas, por outro lado, é enigmático ou complicado para seus clientes dos sonhos vai trazer problemas para sua empresa.

“Fateri” é uma palavra em Latim que significa “admitem”, do verbo admitir. Nesse caso, o acolhimento diz respeito a pessoas com intolerância ao glúten. Clique aqui e veja o projeto de Naming + Marca Apaixonante.

+ Leia também – Usar meu nome próprio ou criar um nome para minha pequena empresa?

 

O nome da empresa precisa de metodologia

Você já percebeu que muita coisa está em jogo quando o assunto é o nome da empresa. Por aqui, nós começamos projetos de Naming por um questionário bem completo chamado “Clareza Empreededora” e trocamos muitas ideias com a pessoa que nos contratou. Depois, vamos para uma fase intensa de geração de palavras e significados e, por fim, criamos muitos e muitos nomes que serão analisados pelo nosso advogado até chegarmos em opções registráveis. Em alguns projetos, são mais de 1.000 palavras com potencial de fazer parte daquele nome. Isso tudo para chegar em dezenas de nomes, sabendo que muitos deles não vão passar pelo crivo do advogado e precisaremos descartá-los pelo perigo do cliente não conseguir o registro no INPI. Ou seja, para chegar em um nome ideal e registrável, é necessário passar por uma metodologia com etapas definidas e usar diversas técnicas. Já dar nome a bebês ou pets é muito mais intuitivo, você pode escolher o nome que viu num livro, em um filme, nomes de parentes, antepassados, união de nomes e por aí vai. Dá para uma pessoa que não estudou nada sobre Naming tomar essa decisão em pouco tempo e está tudo certo!

Almadoré é um nome começa com a palavra “alma” e termina com a união de “oré” que, em tupi-guarani antigo, significa “nós”. Clique para saber mais sobre esse projeto de Naming + Marca Apaixonante criado por nós.

+ Leia também – Naming: 4 etapas na hora de escolher o nome ideal para sua empresa

 

O nome da empresa não deve ser decidido na emoção

Quando o assunto é o nome de bebês ou crianças, você pode muito bem colocar o nome que seu coração mandou e pronto! Algumas pessoas esperam olhar a carinha do bebê e decidem: vai ser esse o nome! Depois, você trata de avisar aos amigos e parentes e, a princípio, ninguém tem nada a ver com a sua decisão. Mas, como vimos até agora, o nome da empresa precisa se comunicar com um público específico. Por isso, é bem mais estratégico que a sua opinião pessoal fique em segundo plano e você consiga ouvir pessoas que representam seus clientes dos sonhos. Afinal, é com os clientes que o nome vai se comunicar. Ao incluir alguns clientes com quem você tem mais intimidade no processo de decisão, você aumenta suas chances do nome dizer algo para essas pessoas.

Portanto, é uma ótima pedida e conselho que damos para todos os clientes: consultem pessoas com seu perfil de clientes dos sonhos para descobrir se os nomes que você está cogitando estão surtindo o efeito desejado. Mas, atenção: evite abordar clientes dizendo coisas como “esse nome é o que eu mais amei, e você?” ou “esse aqui eu detestei, o que você acha?” pois, dessa forma, você influencia o cliente apenas a concordar com você, perdendo a opinião sincera tão valiosa. Esse caminho de compartilhar opiniões com clientes é bem mais interessante do que decidir no calor da emoção, como pode acontecer sem problemas com o nome de um bebê ou bichinho de estimação.

 

Conclusão

Deu para perceber como é bem mais trabalhoso e complexo dar nome a uma empresa do que a uma pessoa ou bichinho. Caso você decida encarar a empreitada de fazer o nome da sua empresa, não deixe de consultar um profissional para te indicar as classes de nice adequadas para o seu caso. Dessa forma, você faz buscas no banco de dados do INPI e consegue descobrir se esse nome já existe. Você já criou o nome de alguma empresa sua? Conseguiu fazer o registro no INPI? Como foi sua experiência? Conta para nós nos comentários. Nós trabalhamos com criação de nomes e podemos te ajudar!

Sua pequena empresa está pronta para apaixonar?

Faça o teste online e descubra seu momento empreendedor e quais são os próximos passos para apaixonar seus clientes dos sonhos.

Sua pequena empresa está pronta para apaixonar?

Faça o teste online e descubra seu momento empreendedor e quais são os próximos passos para apaixonar seus clientes dos sonhos.

1728 830 Melina e Raphael
Compartilhe

Vamos amar receber seu comentário

Melina e Raphael

Designers e apaixonados, somos sócios desde 2008. Especialistas em branding, ajudamos centenas de pessoas empreendedoras com grandes sonhos a terem uma Marca Apaixonante. Vamos criar juntos?

Autoria: Melina e Raphael
Digite o que procura...