Precisa de tempo para sua pequena empresa? Como ser mais produtivo sem surtar

    1024 492 Melina e Raphael

    “Nossa, já é dezembro?” Durante muito tempo, essa sensação esteve bem presente na nossa vida empreendedora. O final do ano chegava rapidamente e a nossa reação era um misto de surpresa e pânico. Muita coisa pra fazer, poucos dias pro ano acabar. Dá-lhe passar o Natal trabalhando e preocupados com projetos. O ano já começava sendo um atropelo. Férias e descanso? Não tivemos nem tempo pra pensar nisso. Muito menos sobre as nossas estratégias para o ano que vem!

    Quando os anos passam sem parar pra pensar na estratégia da sua pequena empresa, você vai continuar repetindo os mesmos erros, se atropelando e não fazendo nada de novo. Ou seja, sua empresa se torna cada vez menos sustentável em todos os sentidos.

    Foi em 2013, graças a um curso de empreendedorismo que fizemos na FDC – Fundação Dom Cabral, que decretamos: todo ano, teremos uma pausa estratégica. Veja bem, essa pausa não tem nada a ver com férias e descanso. Decidimos fazer a pausa no mês onde temos menos procura de serviços e produtos normalmente. Então, no nosso caso, esse mês acontece entre dezembro e janeiro.

    Ao longo do ano, a gente já se prepara financeiramente para esse momento de pouca entrada no nosso caixa. E podemos sim aceitar novos projetos e agendá-los. Mas, somente para os meses que vem depois. Aquele período é todo dedicado para a pausa estratégica. Parece estranho fazer uma pausa em nome da produtividade, né? Pois é, vem cá que vamos te contar o que fazer nesse momento para sua empresa ser mais produtiva. Ah, vai sobrar tempo para você também! Como a empresa fica bem se a pessoa empreendedora está surtada e cansada? Não rola!

    Foi em uma pausa estratégica que conseguimos nos organizar e começar a escrever nosso livro Marcas Apaixonantes. E foi em uma segunda pausa que realizamos o redesenho de todo projeto gráfico dele! Clique para saber mais.

     

    Motivo 1: Revisar experiências realizar mudanças

    Ao longo do ano, a gente se depara com muitos desafios. Tem o cliente que não entendeu um ponto importante sobre o processo, aquele fornecedor que não está atendendo os prazos direito ou aquela empresa parceira que está vacilando. Mas, na correria do dia a dia, você não tem tempo pra pensar profundamente nesses problemas. Você vai meio que “empurrando com a barriga”. Afinal, se eu parar um dia inteiro para pesquisar um fornecedor alternativo, vou acabar atrasando os prazos com meus clientes. Vou acabar deixando os e-mails atrasarem. Enfim, vai bagunçar minha rotina.

    Então, a gente faz o seguinte: pintou um problema ao longo do ano? A gente anota em um bloco de notas específico no computador. O nome desse bloco é “Planejamento anual”. É uma anotação rapidinha e pontual. Simples e direta tipo “precisa ficar mais claro para o cliente tal questão”. Nesse momento, eu ainda não tenho uma solução para esse problema. Só vou anotar o que aconteceu. “O fornecedor tal furou um prazo importante”. Pronto, anotado. Na pausa estratégica, que aqui acontece entre dezembro e janeiro, vamos trocar ideias sobre as soluções. Com a cabeça fresca, sem a rotina nos apressando. Nessa hora, a gente tem a oportunidade de pensar em como resolver esses problemas pra que eles não aconteçam no ano que vem. Essa é a hora de fazer mudanças naquelas práticas e relacionamentos que não deram muito certo no ano que passou.

    + Leia também: Minha logo está legal? 5 perguntas para avaliar sua marca

     

    Motivo 2: Realizar tarefas importantes

    Tem muitas tarefas que são importantes e não cabem na nossa rotina. Revisar todo nosso site, fazer um balanço dos investimentos da nossa empresa, pesquisar cursos que queremos fazer ou desenvolver novos produtos e serviços. Esses são exemplos de estratégias essenciais para sobrevivência de uma pequena empresa. Mas, que acabam sendo deixadas para “depois” em nome da gente movimentar nossa empresa com clientes ao longo dos meses.

    Por exemplo, nós sempre fizemos trabalhos de identidade visual para empresas. Afinal, somos formados em design e temos experiência de mais de 10 anos nesse segmento. Mas, quando começamos a fazer as Carinhas, em 2008, nosso foco foi total para produtos ilustrados. Fazíamos marcas só por indicação, como se fosse um trabalho a parte. Foi em uma pausa anual que nos ligamos e pensamos: temos várias clientes empreendedoras em Carinhas e amamos fazer marcas. Porque não falamos mais sobre isso no nosso blog e site? De lá pra cá, o projeto Marcas Apaixonantes virou livro, serviço, websérie e vai virar muito mais. Sem a pausa estratégica, não teríamos tido oportunidade de pensar em tudo isso. Correria, né? Não ajuda a gente a enxergar possibilidades.

    Foi em uma pausa anual que estruturamos nossa WebSérie Marcas Apaixonantes. Colocamos o pé na estrada para gravar entrevistas com nossos clientes. Foi incrível! Na foto: nós dois gravando com a Nanda, da LeveMe e o videomaker Brener. Foto: Carol Lá Lach – Clique para assistir aos episódios.

     

    Motivo 3: Abusar da agenda, o seu eu do futuro agradece

    Quando estamos em janeiro, julho do mesmo ano parece um momento muito muito distante. Dezembro, então, parece mais longe que o ano 3000. É, só parece. Porque eles vão chegar de qualquer forma. Então, em janeiro, a gente olha o ano todo que vem pela frente. Pensamos nas datas comemorativas, pensamos no nosso wallpaper mensal, pensamos em alguma data importante para nós. Por exemplo, em julho nós comemoramos o aniversário de Carinhas. Em 2018, serão 10 anos de Carinhas!! Essa data merece ser comunicada, merece receber nosso carinho e atenção. Mas, se deixarmos para pensar nela só no final de junho o que acontece? Isso mesmo: correria, pânico e tensão.

    Ou seja, em janeiro a gente pensa no ano inteiro: na nossa newsletter (se você ainda não recebe, vem aqui pra ver que legal que ela tá!), pensamos nos nossos wallpaper, pensamos em marcos de cada mês e como vamos lidar com eles. Lançamento de produtos e serviços novos e por aí vai. Pode olhar pro ano que vem, ele não morde. Mesmo que sua pausa anual não seja em janeiro: olhe para os próximos 12 meses e se planeje. Quando aquela data chegar, seu eu do futuro vai respirar aliviado: você já sabe o que fazer! Yes!

    Foi em uma pausa anual que criamos nosso Desafio Criativo! Quase 10 mil pessoas já embarcaram com a gente! Saiba mais clicando aqui.

    + Leia também: Redesign – 5 sinais que é hora de mudar a Identidade Visual da sua empresa

     

    Motivo 4: Encarar as perguntas que não devem ser caladas

    Já comentamos que essa pausa estratégica não é sinônimo de férias. Mas, ela também serve como uma espécie de descanso mental. Você vai sair da sua rotina do ano todo e ter uma rotina diferente. Isso é um refresco para mente. E o que acontece com a mente descansada? Sim, novas ideias! Você vai ter facilidade de ter insights, ideias e vai ser uma empolgação só. Parece que desfocar da rotina faz você desafogar seu cérebro. Então, aproveite esse momento de cérebro mais afiado para fazer perguntas importantes e fundamentais para sua pequena empresa. Aquelas perguntas mais profundas e que, ao longo do ano, você não dá conta de fazer.

    Alguns exemplos de perguntas importantes são: Você e sua equipe estão apaixonados pelo que fazem? O motivo que te fez começar sua empresa segue firme e forte? Como está seu sentimento com relação a sua empresa: você está com a empolgação em dia? Sente que está feliz com seu fazer? E seus clientes? Estão felizes com a sua empresa? Você tem algum tipo de dado que te ajuda a entender a satisfação dos seus clientes? E seu perfil de cliente dos sonhos, está claro para você? E sua estratégia de comunicação do ano que passou? Foi eficiente? E a do ano que vem, como será? Pois é, esse tópico torna a pausa verdadeiramente estratégica. É hora de encarar sua empresa como um todo, sua estratégia empresarial precisa ser cuidada ou mesmo criada, caso você ainda não tenha uma! Se esse tópico foi o que fez seu coração ficar mais aflito, nosso curso online Minha Empresa Apaixonante de Dentro pra Fora pode te ajudar! Temos uma aula gratuita, veja mais aqui!

    Em toda pausa, revisamos nosso site completamente. Assim, ele fica sempre alinhado com nosso propósito” target=”_blank” rel=”noopener”>

     
    É assim que funciona nossa pausa anual, entre dezembro e janeiro. Mas, ela também poderia ser semestral, parando por uma semana. Ou então semanal, parando por um dia. Depende de como a rotina da sua pequena empresa vai se dar melhor com esse momento sem dar atenção total aos seus clientes.Faça como funcionar para você! Aliás, você faz pausas na sua pequena empresa ou só sai da correria quando o corpo pede arrego e você fica doente, por exemplo? Esperamos seus comentários!

     


    SUA PEQUENA EMPRESA ESTÁ PRONTA PARA APAIXONAR?

    Faça o teste online e descubra seu momento empreendedor e quais são os próximos passos para apaixonar seus clientes dos sonhos.

    Fazer o teste

    Precisa de mais produtividade? 4 motivos para fazer uma pausa estratégica

    Precisa de mais produtividade? 4 motivos para fazer uma pausa estratégica

    ESCRITO POR

    Melina e Raphael

    Formados, pós graduados e apaixonados por design gráfico. Cariocas que vieram estudar Branding em Portugal e ficaram. Sócios desde 2008, ajudamos centenas de pessoas empreendedoras com grandes sonhos a terem uma Marca Apaixonantes. Curiosos, otimistas e praticantes de dancinhas da felicidade!

    Todos os textos escritos por: Melina e Raphael

    Deixe um comentário, vamos amar!

    Não se preocupe, o seu email não será publicado.