5 sinais que sua identidade visual precisa ser redesenhada (e 3 razões para não mudar)

    1024 492 Melina e Raphael

    Tenho empresa há um tempo e estou com vontade de mudar a minha marca: é a hora certa?” Mudar ou não mudar, eis a questão! Muitas vezes, pequenos empreendedores apaixonados se deparam com um problema importante: minha marca está adequada? É hora de redesenhar minha identidade visual? Mudar a cara da minha marca? As pessoas vão ficar confusas? Vale à pena fazer esse movimento agora?

    Para saber se é a hora de mudar, é preciso entender se sua empresa mudou de verdade. A marca e a identidade visual tem que estar completamente alinhadas com sua empresa hoje!

    O redesenho de uma identidade é tão estratégico quanto uma nova identidade, ou seja, com a criação de uma quando a empresa nasce. Separamos 5 sinais que dão indícios de que está na hora de fazer um redesenho. Para não confundir as estações, listamos também 3 razões que mostram: você não precisa de um redesenho de sua identidade visual agora.

     

    1 – A pulga está atrás da orelha

    Imagine que a sua identidade visual esteja super adequada e funcionando lindamente. Ou seja, o visual da sua empresa atrai quem você procura e passa a mensagem corretamente. Se fosse assim, a pulga da dúvida sobre o redesenho não estaria atrás da sua orelha, certo? Só o fato de você estar questionando a funcionalidade da sua identidade já é uma pista. É um motivo para investigar a fundo: de onde veio essa indagação, porque essa pulga foi parar atrás da sua orelha? Que fatos aconteceram ultimamente que te fizeram questionar sua identidade? Aproveite essas pistas e comece a entender melhor o momento atual da sua marca. Quando você tem clareza da sua estratégia atual, fica muito mais fácil avaliar se sua marca está alinhada com ela. Se a pulga está atrás da orelha, provavelmente é hora de investigar mais a fundo e mudar.

     

    2 – Um novo momento chegou

    Você começou sua empresa na intuição, seguindo seus instintos. Sabia da importância de uma identidade visual bem resolvida, mas não conseguiu se estruturar para cuidar de uma, da forma que gostaria. Tudo bem, é normal. Muitas empresas começam com uma identidade visual improvisada, feita por aquela amiga que manja dos programas gráficos e tem bom gosto. Ou mesmo baixando algo da internet bem baratinho. Sendo assim, esses visuais representavam um momento amador e iniciante da sua empresa. Agora, você está com mais certezas do que quer fazer. Você sabe como quer fazer e sente que sua empresa está pronta para esse novo momento: mais profissional, mais segura e mais confiante. Pode crer que sua identidade inicial não te representa mais, então é hora de redesenhar sim!

    A empresa Mônica Fernandes nos convidou para redesenhar sua marca para um novo momento, clique e veja o projeto completo. Foto: Carol Lá Lach

    A empresa Mônica Fernandes nos convidou para redesenhar sua marca para um novo momento, clique e veja o projeto completo. Foto: Carol Lá Lach

     

    3 – A conexão está caindo

    Sua identidade deve se comunicar com seus clientes. Esse é o papel principal dela. Como tem sido a relação da sua empresa com o mundo, ultimamente? É comum que as pessoas simplesmente não entendam o que você faz? Por exemplo, você faz decoração e as pessoas te pedem orçamento de fotografia? Você faz artesanato e as pessoas pensam que você faz doces? Ou ainda, você está atraindo as pessoas erradas: gente que não valoriza seu trabalho, vive pedindo desconto e te trata com desdém. Toda sua comunicação é responsável por esses enganos, não é apenas um erro de interpretação das pessoas, mas um erro de como você está transmitindo sua mensagem. Essa transmissão acontece em vários canais, um dos principais é o visual. Se você está perdendo negócios por conta desta conexão ruim, atenção para necessidade de redesenhar sua marca.

    + Leia também – Faça você mesmo a sua identidade visual: sim ou não?

     

    4 – Algo está fora da ordem

    Sabe a sensação de que tem algo estranho? Se você está sentindo que algum elemento da sua identidade, por algum motivo, não está se “encaixando”, parece fora do lugar, existe um motivo para isso. É bem provável que sua identidade atual não esteja atrelada a um conceito, uma estratégia. Porque é tão importante ter um conceito por trás de uma identidade? Porque ele vai “amarrar” todos os elementos visuais que a identidade tem. Assim, nada está na identidade para “ornar”, porque é “bonitinho” ou para deixá-la mais “estilosa”. Se sua identidade atual está cheia de elementos sobrando, coisas que não fazem mais sentido para você ou te parecem desencaixadas, isso significa que seu gosto mudou e sua marca está refém de gosto pessoal e não de uma estratégia forte. Pode ser um ótimo momento de redesenhar e repensar o visual da sua empresa!

    O casal João e Teresa, da Piece of Paper, deixou nas nossas mãos o redesenho da sua marca para um novo momento: a abertura de uma loja! Veja o projeto completo aqui.

    + Leia também: livro digital “Marcas Apaixonantes: aprenda como pequenas empresas usam design estrategicamente para alcançar grandes sonhos”

     

    5 – Síndrome do par de vasos

    Pode acontecer de, no início da sua empresa, você ter se inspirado bastante em alguém que admira no seu segmento. Esse é um caminho super comum: você vê o sucesso de outra marca e fica encantado, quer ser aquela pessoa ou empresa. Caso tenha seguido por esse caminho, sua marca pode ser similar demais a de uma empresa que admira. O fato é que essas semelhanças não vão te ajudar em nada a crescer e se destacar. Se sua ficha caiu, você quer muito mais da sua empresa e sente que está parecido demais com algum concorrente, parta pra outra, faça um redesenho.

    A Tartiner percebeu que era hora de mudar e renovou a identidade visual com um projeto de Marca Apaixonante. Clique e veja o projeto completo.

     

    3 razões para não mudar sua identidade visual

    Apontamos algumas razões comuns onde o redesenho da identidade é estratégico e pode ser uma ótima ideia. Igualmente importantes, são as razões pelas quais você não deve investir em um redesenho de identidade visual agora. Veja se você se identifica com essas outras situações.

     

    1 – Precisando se apaixonar?

    Quando seu caso de amor com sua própria empresa está abalado, você pode tentar encontrar uma justificativa para isso. Um dos alvos é a sua identidade visual. “Ah, minha identidade não está legal, preciso de mudança, preciso chacoalhar, preciso me apaixonar novamente pelo meu negócio”. Cuidado, coloque o pé no freio agora e reflita! É bem provável que seja o momento de você rever TUDO, não só a identidade. Pare o que está fazendo para repensar seu negócio como um todo, antes de redesenhar. O que te motivou a começar? Como você muda a vida do seu cliente ideal? Para se apaixonar de novo, conecte-se com seus propósitos e não com um visual novo.

    + Leia também – Como nasce uma identidade visual, nossa metodologia etapa por etapa

     

    2 – E a grama do vizinho?

    O seu mercado está cheio de pessoas novas, marcas novas e muitos negócios acontecendo. Bate aquela insegurança: preciso modernizar minha empresa, me reinventar. Bom, se os seus concorrentes estão te estimulando a mudar para ficar igual a eles, temos um problema. Você pode até estar de olho na grama do vizinho, é uma prática saudável, mas faça isso com foco em se manter sempre diferente, valorizando o que você e sua empresa fazem de incrível e único. Redesenhar só para ficar parecido com outra empresa é a maior furada.

     

    3 – Chegou um evento importante?

    Você vem cuidando da sua empresa e atendendo quem aparece, naquela correria que conhecemos tão bem. Você vai criando produtos e serviços em série e nunca parou pra pensar, em profundidade, sobre o perfil de clientes que quer atender. Você também nunca definiu a diferença que faz no mundo ou mesmo o porquê de fazer o que faz. De repente vem um evento, feira ou ocasião importante para sua pequena empresa e você pensa: é agora, vou providenciar uma marca nova! Calma! Redesenhar uma marca sem um projeto claro do que é a sua empresa, de quem ela atende e mais será um investimento no vazio. Não invista em um redesenho repentino sem, antes, ter clareza sobre o seu pequeno negócio. Você não está precisando de um visual novo com urgência, está precisando de Clareza para investir melhor!

    + Leia também: Quando investir em uma marca gráfica para minha pequena empresa

     

    Conclusão

    Reflita, avalie sua situação e coloque seus pensamentos no papel. Veja com qual momento você mais se identifica para decidir se é a hora certa de ter uma nova identidade visual para sua pequena empresa. Lembre-se da importante função que uma identidade visual tem: conectar pessoas, transmitir sua mensagem 24 horas por dia, agregar valor para o que você já faz muito bem e apaixonar quem mais precisa de você. Este artigo te ajudou? Você se viu em alguma dessas situações? Vamos amar saber nos comentários ou por e-mail no oi@carinhas.com.br

     

    SUA PEQUENA EMPRESA ESTÁ PRONTA PARA APAIXONAR?

    Faça o teste online e descubra seu momento empreendedor e quais são os próximos passos para apaixonar seus clientes dos sonhos.

    Fazer o teste

    5 sinais que sua identidade visual precisa ser redesenhada (e 3 razões para não mudar) - carinhas.com.br

    5 sinais que sua identidade visual precisa ser redesenhada (e 3 razões para não mudar) - carinhas.com.br

    Autoria

    Melina e Raphael

    Formados, pós graduados e apaixonados por design gráfico. Cariocas que vieram estudar Branding em Portugal e ficaram. Sócios desde 2008, ajudamos centenas de pessoas empreendedoras com grandes sonhos a terem uma Marca Apaixonantes. Curiosos, otimistas e praticantes de dancinhas da felicidade!

    Todas as histórias por: Melina e Raphael

    Vamos amar receber seu comentário!

    Pode deixar que não vamos publicar o seu e-mail, ok? ;)